“É o suficiente para prender”, diz Haddad sobre o “Caixa 2 do WhatsApp” de Bolsonaro

haddad entrevista

Da redação – Nesta quinta-feira (18), a Folha de S. Paulo publicou uma reportagem mostrando que a campanha de Jair Bolsonaro à presidência montou um esquema de difamação de adversários políticos no WhatsApp. O esquema teria sido financiado por empresários, que gastaram pelo menos R$12 milhões sem declarar para que empresas de comunicação espalhassem as notícias falsas em grupos de WhatsApp.

Durante um encontro em defesa dos animais pela manhã, o candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, comentou em entrevista para a imprensa as informações mostradas por uma reportagem da Folha da S. Paulo sobre um suposto caixa 2 de Bolsonaro para espalhar mentiras na Internet no aplicativo WhatsApp. O presidenciável petista afirmou que o esquema seria motivo “suficiente para prender” os responsáveis.