“E o salário ó”: PSDB quer doutor em Educação por R$ 1.849

A Escola de Aplicação da Faculdade de Educação (FE) da Universidade de São Paulo (USP) oferece ensino fundamental e ensino médio para filhos(as) de servidores(as) da comunidade universitária USP e demais interessados. Esta Escola é controlada pelo  governo do Estado de são Paulo.

Divulgou o edital n° 03/2018, para as inscrições para processo seletivo de contratação de um professor por prazo determinado, ou seja, temporário, com jornada de 12 horas semanais para o ensino de Ciências. Salário, se o candidato for contratado temporariamente, perdendo vários direitos trabalhistas: com titulo de Doutor R$ 1849,66; com titulo de Mestre R$ 1322.41; com graduação R$ 893,95.

A realidade sempre se impõe, por mais que os governos golpistas, como de Geraldo Alckmin (PSDB) tentem fazer demagogia com Educação do estado onde falta até copo descartável, os salários pagos aos professores denunciam a realidade do ensino sob o comando dos tucanos.

Um professor para ter um titulo de Doutor entre tempo de estudo da graduação, mestrado e doutorado, gasta cerca de oito anos de estudos adicionais, após a graduação superior (deposi de 15 anos, pelo menos, de estudos). Trata-se de um profissional altamente especializado, que tem que se submeter ao salário inferior at´mesmo à bolsa paga a um aluno de mestrado que hoje é de R$ 2200.

O propósito dos governos burgueses e acabar com a educação publica do País, sucatear escolas e rebaixar salários ao máximo possível. O Golpe de Estado é a ferramenta usada para alcançar este objetivo.