Siga o DCO nas redes sociais

Às ruas por Fora Bolsonaro
É hoje! Todos às ruas contra o governo Bolsonaro; veja onde haverá ato
Ontem (02) e hoje, quinta-feira (03), estão sendo convocados atos nacionais contra o governo Bolsonaro, veja na matéria os locais onde serão realizados e um balanço geral de ontem.
7a1daf90-864d-4999-807e-e0bb190c2d5c
Às ruas por Fora Bolsonaro
É hoje! Todos às ruas contra o governo Bolsonaro; veja onde haverá ato
Ontem (02) e hoje, quinta-feira (03), estão sendo convocados atos nacionais contra o governo Bolsonaro, veja na matéria os locais onde serão realizados e um balanço geral de ontem.
Greve geral da educação promoverá atos por todo país.
7a1daf90-864d-4999-807e-e0bb190c2d5c
Greve geral da educação promoverá atos por todo país.

Ontem (02) e hoje, quinta-feira (03), estão sendo convocados atos nacionais contra o governo Bolsonaro, envolvendo sobretudo o setor estudantil e de professores universitários, esmagado pela política do golpista que retirou parte significativa das verbas para as universidades, e ameaça a todos de promover uma privatização generalizada do ensino.

Os atos foram chamados pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) e a União Nacional dos Estudantes (UNE), diante da greve convocada pelo ANDES, sendo a primeira vez que durante o governo Bolsonaro temos dois dias seguidos de paralisação nacional.

Organizado para o segundo dia de mobilização, os principais atos ocorrerão hoje, quinta-feira, em todas as capitais do país. Porém, ontem já tivemos centenas de manifestações em repúdio ao governo Bolsonaro, organizadas por professores e estudantes em todo país.

Como por exemplo em Natal, onde o setor da educação e sindicatos mobilizaram-se na avenida Salgado Filho (foto abaixo); já na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), realizou-se uma forte paralisação, onde na tarde de ontem foi organizado manifestações culturais, panfletagens e o Sarau da Resistência.

Protesto é em defesa da educação e contra o Future-se

Em Campo Grande a movimentação também se deu por parte das escolas estaduais, que aproveitaram o momento para exigir a derrubada de todos os golpistas, seja aqueles a nível estadual ou federal.

A Universidade de Brasilia, assim como outras tantas a nível nacional, também aderiram em massa a greve de dois dias, preparando-se para por toda força necessária nos atos do dia 3.

Atividades também foram realizadas por toda Santa Catarina nos Institutos Federais, com uma forte adesão a palavra de ordem Fora Bolsonaro, deixando claro que o povo não quer esperar até 2022 para resolver seus problemas.

Além dos muitos atos organizados nesta quarta, hoje teremos uma quantidade várias vezes maior em todos os locais. Veja lista abaixo e saiba como participar.

Ver imagem no Twitter

Tendo em vista a crise do regime golpista e a crescente onda de manifestações contra o governo do fascista Bolsonaro, precisamos levantar em todos os lugares a palavra de ordem que o povo quer ouvir: Fora Bolsonaro, a única frase que não precisa ser levantada por megafones e carros de som para ser repercutida por todos.

Como vemos nos atos anteriores, a derrubada do governo golpista, Liberdade para Lula e a necessidade de se chamar novas eleições, após a fraude de 2018, são desejos urgentes da população brasileira. Por isso, não podemos ceder espaço as políticas que desejam substituir a vontade do povo nas ruas em mero estágio de expectativa para as próximas eleições. O Brasil não pode esperar mais com o governo do golpe, o fim do regime golpista é uma prioridade. Sendo assim, todos as ruas por Fora Bolsonaro! Liberdade para Lula! Eleições Gerais!