Bolsodoria
Após fingir um distanciamento do presidente fascista, Doria diz que está em paz com governo para que ataquem juntos o salário dos servidores públicos dos estados
bolsoaria-1200x764-1
Bolsodoria |

Da redação – O governador, João Doria (PSDB), declarou em uma entrevista para o UOL que após a reunião realizada entre os governadores Bolsonaro e Maia, em que Bolsonaro pediu para que os governadores apoiassem sua iniciativa de congelar os salários dos servidores por 2 anos, está em paz com o governo e que essa paz refletiu até na bolsa de valores.

A declaração, no entanto, esconde que a paz com o governo foi conquistada pois durante a reunião os governadores e o presidente acordaram em congelar o salário dos servidores e que isso refletiu positivamente na bolsa pois se trata de um ataque da burguesia contra os trabalhadores.

João Doria foi alçado a posto de grande herói nacional por uma parcela da esquerda. Agora, ele ataca os trabalhadores em conjunto com Bolsonaro, como na verdade nunca havia deixado de fazer.

Em tempos: Doria chegou a dizer durante a entrevista que a crise do coronavírus está fortalecendo a democracia. Ou seja, para ele, a democracia é a morte em massa da população, os assassinatos da PM e uma união entre todos os setores políticos burgueses para retirar direitos trabalhistas e congelar os salários.

Relacionadas