Doria recua e modifica projeto sobre reforma da Previdência municipal

O prefeito de São Paulo, João Doria, também conhecido como “Prefeito mais coxinha do Brasil”, modificou nessa terça-feira (27) seu projeto de lei sobre a reforma da Previdência municipal. Na segunda (26), Doria havia comemorado precipitadamente já ter votos suficientes para aprovar suas medidas, fato que em pouco tempo se revelou mais uma farsa do prefeito, pois não se confirmou na vida real.

Doria disse durante uma reunião entre vereadores e representantes da Prefeitura que irá retirar da proposta a alíquota suplementar de até 5% sobre os vencimentos dos servidores municipais. As alterações também alterou excluiu o trecho que autorizava o Executivo municipal a transformar dívidas em créditos mobiliários.

Popularmente conhecido como o pior prefeito da história de São Paulo, mesmo com mandato de apenas 1 ano e 3 meses, Doria presenteou a população paulistana com o comunicado de que não irá concluir o mandato, exonerando-se para concorrer ao governo do Estado de São Paulo.