Doria, o mais rejeitado

doria1

Da redação – A pesquisa controlada pela burguesia chamada de Datafolha, divulga que para o governo de São Paulo, o candidato João Doria estaria (PSDB) na liderança com 25%, seguido por Paulo Skaf (MDB) com 20%. No entanto, todos os trabalhadores tem grande repulsa ao governo tucano na prefeitura de São Paulo devido suas medidas fascistas contra os mais pobres, e assim, de forma intrigante quando se compara ao suposto número de votos, tem um alto índice de rejeição com 32%. 

Esse fato expressa bem como funcionam as pesquisas controladas pelos golpistas, pois, os mesmos utilizam desse aparato para levar a população a crer em números fictícios, criados para os interesses da burguesia e para oficializar ainda mais os ataques contra os trabalhadores. É óbvio que Doria não seria o mais votado, como ficou anteriormente na sua vitória contra Fernando Haddad PT), e, mesmo o playboy agrupando grande interesses dos empresários, é fato que após medidas como jogar água em moradores de rua na manhã mais fria de São Paulo o povo criou grande aversão ao indivíduo grotesco.