Violência de Estado
O governador que muitos chamam de progressista e civilizado só age como fascista
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
6094466038_7a3d517625_o
Segundo Dória, Estado não tem responsabilidades em relação a alimentação de moradores de rua | Mílton Jung

O governador de São Paulo João Doria (PSDB) muito conhecido pelo ódio e ataques constantes contra a população, decretou no fim de setembro a suspensão das refeições gratuitas servidas aos moradores em situação de rua pelo restaurante Bom Prato, medida adotada no início da pandemia do coronavírus.

Dória afirmou que nesse momento suspendeu as refeições porque, segundo ele, os moradores vão voltar a receber doações de alimentos e dinheiro, alegou ainda que a ação de emergência tem valor muito “alto”, tendo custado para o estado 420 milhões de reais.

A medida de corte e reclamações com gastos com as necessidades da população são mais uma das enormes evidências de que Doria governa para exterminar a população pobre desde que assumiu, o compromisso dele sempre foi o de cortar direitos, mesmo que muitos queiram tapar os olhos e ouvidos e considerá-lo um governador sensato e a favor da ciência.  Desde que entrou para o campo da política as ações de João Doria são fascistas.

Assumiu a prefeitura de São Paulo, e depois o governo do estado na esteira do apoio ao bolsonarismo e sempre agiu com extrema truculência: cogitou servir ração para as crianças das escolas públicas, atacou a carreira dos professores do ensino municipal, trata a situação de saúde pública do vício em crack com violência, além de ser chefe da polícia militar paulista, organização responsável por metade dos assassinatos no Estado, entre outras tantas atrocidades.

Durante a pandemia diversos setores se aproximaram de Doria como se este fosse opositor de Bolsonaro, e que diferente tomaria medidas para conter a contaminação no estado. De fato, São Paulo é um dos estados com mais mortes por Covid-19 sem sinais de queda. Mesmo assim, Doria reabre todas as atividades econômicas, inclusive busca forças para reabrir escolas, e nesse momento nega a população de rua a garantia mais básica, da alimentação.

É muito de se entranhar que setores inclusive da esquerda proponham aliança com este nazista enrustido que governa São Paulo para se contrapor ao bolsonarismo. Para que a situação mude de fato nada de frente ampla com golpista. É preciso derrotar Bolsonaro, e com ele Doria e Covas.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas