Lacaio imperialista
Seguindo os interesses imperialistas, o genocida Doria vai a público para negar testagem da vacina russa em São Paulo
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
doria
O "cientifico" Doria não quer vacinar o povo | Foto: Reprodução

O “cientifico” João Doria saiu a público para negar a produção em São Paulo da vacina lançada hoje pelo governo da Russia. Segundo o governador genocida, não há motivo para testar a vacina russa pois o Instituto Butantan já está realizando testes de empresas privadas chinesas.

Segundo Doria, à Rádio Bandeirantes: “A russa não. Não sou capaz de avaliar se é boa ou não é, se tem o aval da Organização Mundial de Saúde. Não quero fazer pré-avaliação. Pelo Butantan, não. Houve uma procura, mas foi respondido que já temos uma associação com o laboratório chinês Sinovac para a produção da CoronaVac. Não faria sentido algum ter uma segunda alternativa no mesmo Butantan, cujo objetivo é o mesmo”.

O pretexto é falso. Pois se o interesse de Doria fosse mesmo de buscar uma cura para barrar a catástrofe do coronavírus, cujo maior responsável em todo estado de São Paulo é ele mesmo, ele testaria quantas vacinas fossem necessárias. Mas o interesse de Doria é dividir os lucros, apenas, ficando a reboque da política imperialista de lançar a vacina russa em uma campanha internacional contra de calúnias.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas