Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

O fascista João Doria (PSDB) está condenando cerca de 300 moradores do Conjunto Promorar, no Jardim São Luís, Zona Sul da capital paulista, a irem para debaixo da ponte.  Isso porque o déspota, João Doria quer cobrar até R$ 22,1 mil de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) dos moradores do Jardim São Luís.

O mesmo prefeito magnata que chegou a dever para o fisco municipal 90 mil reais de IPTU atrasado entre 2002 e 2015 de sua mansão nos jardins, agora quer condenar moradores pobres à espoliação com sua cobrança absurda do imposto territorial urbano.

Em comunicado alegam que tal valor é referente aos últimos cinco anos e o cinismo do governo vai as alturas, dizendo que os trabalhadores podem pagar em até dez parcelas mensais.

De acordo com declarações de moradores, o abuso do prefeito, cobra valores acima até dos salários de grande parte dos moradores.

Para defender o povo trabalhador é necessário impulsionar imediatamente a campanha pelo “Fora Doria!” inimigo da classe trabalhadora.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas