Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
trump-listening-ap_img
|

Caracas, AVN – As ameaças de intervenção militar e ações ingerencistas contra Venezuela por parte dos EUA foram planejadas desde 2017, revelou o ex-vice-diretor do FBI, Andrew McCabe, em seu livro ” A ameaça: como o FBI protege os Estados Unidos na era do terrorismo e de Trump”.

De acordo com McCabe, em julho de 2017, durante uma sessão privada com funcionários de inteligência, o presidente Donald Trump perguntou aos presentes por que os Estados Unidos não estavam em guerra com a Venezuela.

“Não entendo por que não estamos de olho na Venezuela. Por que não estamos em guerra com a Venezuela? Têm todo o petróleo e estão em nosso quintal”, disse Trump, segundo o ex-diretor em seu livro.

A página web estadunidense Vox destaca que em agosto de 2017,Trump consultou seus principais assessores várias vezes sobre uma opção militar que permitisse derrubar o presidente constitucional da República Bolivariana da Venezuela, Nicolás Maduro.

Na campanha eleitoral de 2015 Trump já havia manifestado seu desejo de tomar o petróleo de outras nações onde está o exército estadunidense.

Ao ser questionado sobre o Iraque em uma entrevista para a CNN, Trump declarou: “Como disse ao princípio, se vamos embora, é necessário tomar o petróleo”.

Mais tarde disse em outra entrevista: “E disse que o temos que fazer quando formos embora, mas isto não significa que tenhamos que abandonar o país”, insinuando que os EUA deveriam continuar com a ocupação de Iraque e controlar seus recursos petroleiros, citou RT.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas