Dólar dispara e agrava crise econômica

dolar

Da redação- A moeda norte-americana está sofrendo de uma oscilação constante e nos últimos meses, o Dólar, continua subindo mesmo com os grandes capitalistas manobrando para salvar da crise que se aponta no horizonte. Nesta segunda-feira, 30, a moeda teve novamente aumento de 0,32% no valor comercial, subindo para R$ 3,73 na balança do Real; na mínima chegou a R$ 3,697 e à vista avançou para 0,16%, cotado a R$ 3,7279.

Segundo a imprensa burguesa, com medo da situação incontrolável, das 31 principais divisas do mundo, 22 se valorizaram frente a moeda americana, mas a maquina de mentiras busca tapear a situação para que apareçam mais investidores. As matérias que circulam pelas redes, buscam dar um tom de cautela para os investidores, que se souberem analisar podem ganhar investindo agora.

A Ibovespa, índice que reúne as ações mais negociadas na Bolsa brasileira, fechou também com avanço de 0,59%, a 80.337,59 pontos. E na Europa, os principais índices fecharam no vermelho.

A princípio isso vem ocorrendo devido ao agravamento da crise política e institucional no Brasil que deixa os investidores diante de um quadro de incertezas e instabilidade.