Capitalistas em pânico
As matérias dos jornais da burguesia, inventam qualquer mentira para não falar da realidade: o sistema financeiro pode quebrar, caso a segunda onda de infecção se desenvolva
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
noticia_438422_img1_05dolar-a-5 (1)
Economia mundial em crise | Foto:reprodução

Nesta quarta-feira (24), já na abertura das Bolsas de Valores, o dólar operava em alta contra o real, recuperando parte das perdas acentuadas da véspera em meio ao clima de pânico nos mercados globais, frente a segunda onda de Covid-19 que já está acontecendo.

No Brasil, por exemplo, o medo se dá por conta de estados do Sul, Minas Gerais, São Paulo e até mesmo o Nordeste, já terem apresentado um aumento explosivo nos casos, após a reabertura criminosa da direita golpista, para tentar salvar a economia – podre que cai aos pedaços – sacrificando a vida doa trabalhadores.

Voltando ao dólar moribundo, às 9:08, os índices avançavam 0,44%, a 5,1757 reais na venda. O dólar futuro negociado na B3 subia 0,47%, a 5,178 reais. O dólar spot fechou em queda de 2,26%, a 5,1531 reais na venda. O Banco Central irá ofertar nesta sessão até 12 mil contratos de swap tradicional com vencimento em novembro de 2020 e fevereiro de 2021.

A pandemia, definitivamente, colocou os capitalistas de joelhos. As matérias dos jornais da burguesia, inventam qualquer mentira para não falar da realidade: o sistema financeiro pode quebrar, caso a segunda onda de infecção se desenvolva. Usam palavras como “cautela”, para esconder o pânico geral de um sistema em crise que está prestes a quebrar.

 

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas