Crise econômica
59% dos trabalhadores que estão ativos tiveram a jornada de trabalho e o salário cortados em decorrência da crise econômica acentuada pelo coronavírus
24562357511_0b4efa1c0c_k
Crise trouxe efeitos duríssimos para a classe trabalhadora | Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília

Da redação: Pesquisa realizada pela Datafolha nos dias 25 e 26 de maio revela que dois a cada três brasileiros temem os efeitos da crise econômica causada pelo coronavírus. 59% dos que trabalham dizem ter tido corte de jornada e salário. Apenas 27% disseram acreditar num cenário menos pessimista. Foram entrevistados pelo telefone 2.069 pessoas.

Os que foram mais atingidos por cortes de jornada e rendimentos estão no setor informal que somam 72%, no setor formal esse número é de 48%. Entre os empregados com carteira assinada, 43% disseram estar trabalhando e ganhando menos, empregados sem registro chegam a 51% e esse percentual dispara para 78% entre autônomos profissionais liberais e empresários.

Relacionadas
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments