Documentário contra o golpe é premiado na Suíça

hfk

O documentário “O Processo” de Maria Augusta Ramos, que já tem bastante destaque por suas produções de cunho político, vem ganhando ainda mais reconhecimento com a produção que documenta todo o processo que culminou no golpe de Estado dado no país em 2016 e que derrubou a presidenta Dilma Rousseff, que fora eleita por 54 milhões de votos.

Primeiramente, o filme obteve a grande oportunidade de participar do festival de Berlin onde foi feita uma pequena seleção de filmes que ganhariam suporte para sua produção e consequentemente participariam do festival. O documentário já desde o início teve um grande destaque pelo seu conteúdo, o que proporcionalmente lhe rendeu um dos grandes prêmios do festival.

Desta vez, o filme participou do Festival Visions Du Reel na Suíça, na última sexta-feira (20), “O Processo” ganhou na categoria como melhor longa-metragem. A produção do documentário demonstra a importância da realização desse trabalho enquanto denuncia do golpe no país. O objetivo do filme é justamente mostrar todo os passos percorridos pelos golpistas em uma preparação para o golpe de Estado.

A estreia da obra de Maria Augusta Ramos, no Brasil está prevista para o próximo mês de maio.