Docentes brasileiros repudiam os ataques do governador Rui Costa contra os educadores baianos
acampa-sec-1
Docentes brasileiros repudiam os ataques do governador Rui Costa contra os educadores baianos
acampa-sec-1

Da redação – Publicamos nesta edição carta aberta que já conta com diversas assinaturas. Professores de todo o Brasil se dirigem ao governador Rui Costa exigindo atendimento imediato da pauta dos docentes nas universidades estaduais da Bahia, que já estão em greve há quase dois meses, e que ele devolva o salário cortado.

Acampados desde do dia 5 de junho, em frente à Secretaria de Educação da Bahia, docentes das quatro universidades estaduais da Bahia exigem a abertura  do processo negociação da contra proposta aprovada nas assembleias da categoria.

O governador Rui Costa em atitude autoritária simplesmente não permitiu que  a pauta protocolada fosse sequer protocolada e mandou a PM para impedir o acesso dos professores.

Os docentes de diversas universidades do país, organizados no Fórum Renova Andes, que o núcleo Educadores em Luta apresentou movimento de solidariedade aos docentes das universidades baianas em greve.

Quem quiser assinar a carta, mandar o contato para: (77)98822-0888/ (75)98835-2964.

Declaração do Fórum RENOVA ANDES-SN

Solidariedade aos docentes das IES Estaduais baianas

Nós do Fórum Renova ANDES-SN prestamos toda nossa solidariedade às professoras e professores das Universidades Estaduais Baianas em greve que acampados em frente à Secretaria de educação do estado da Bahia, juntamente com estudantes destas instituições, na noite do dia 06 de junho ocuparam a Secretaria de Ciência, tecnologia e Inovação devido as condições climáticas na cidade de Salvador (chuva e fortes rajadas de vento) que inviabilizaram a permanência em espaço aberto.

Ao entrar na Secretaria os mesmos foram isolados pela polícia militar e ficaram por mais de 10 horas em condições insalubres, sem a entrada de alimentação e do uso do banheiro

Neste sentido, repudiamos a atitude do Governo e exigimos avanço no atendimento da pauta que será novamente discutirá no dia de hoje, a fim de que se chegue a bom termo no processo de negociação em curso, com o atendimento das reivindicações e imediato depósito dos salários cortados .