Diziam que era na Venezuela, mas é no Brasil: pode faltar papel higiênico no País

15272816985b0878226f9ef_1527281698_3x2_rt

O imperialismo e sua imprensa golpista, para atacar o governo chavista de Nicoolás Maduro, procura apresentar um quadro de verdadeiro caos no País vizinho. Segundo essas calúnias, faltaria vários itens de primeira necessidade na Venezuela, entre eles o papel higiênico.

Mas graças à política do governo brasileiro de cumprir as ordens do imperialismo em relação à política do petroleo, o que elevou absurdamente os preços dos combustíveis, o Brasil agora pode passar por aquilo que “nossos” desejaram para o País vizinho.

Segundo informações da própria Folha de S. Paulo, por conta da crise gerada pela greve dos caminhoneiros, greve legítima cujo único culpado é o governo golpista, entre os itens que podem faltar no mercado em São Paulo está justamente o papel higiênico.

Parece mesmo que o jogo virou e agora os coxinhas brasileiros podem sofrer com aquilo que diziam ser um problema dos venezuelanos. E o mais interessante de tudo é que os nossos vizinhos ainda têm outra vantagem: pagam apenas 0,04 centavos de real por litro.