Justiça continua a perseguição
Tribunal indefere a candidatura do PCO à prefeitura de Teresina, usando o método do rito burocrático, uma das ferramentas utilizadas para controlar e manipular as eleições.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
teresina
Candidatura de luta do PCO em Teresina, Lourdes e Albetisa, sofre a perseguição da justiça golpista | Foto: DCO.

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí indeferiu nesta quarta (21) a candidatura do Partido da Causa Operária (PCO) à prefeitura de Teresina, que tem como candidatas Lourdes Melo e Albetisa Moreira, como candidata a prefeita e vice respectivamente.

A decisão do tribunal seria devido a problemas no DRAP (Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários) o que está sendo contestado pela direção do partido em forma de recurso. A decisão é provisória e cabe recurso, o Partido irá recorrer e continuar normalmente sua campanha eleitoral.

A decisão da justiça do Piauí é apenas mais uma que vem recaindo sob várias candidaturas do PCO que vem sofrendo perseguição pela justiça golpista e pela imprensa burguesa que vem censurando os candidatos.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas