Ditadura: segundo colocado para o governo de RO é preso pelo STF

acir gur

Da redação – A justiça mais uma vez demonstrou que controla as eleições. A primeira turma do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou na terça-feira (25/09) que o Senador direitista, Acir Gurgacz (PDT-RO), fosse preso imediatamente, pelo processo que o condenou em Fevereiro deste ano.

Gurgacz foi condenado a cumprir regime semi-aberto por “crimes contra o sistema financeiro internacional”, e é o segundo colocado nas pesquisas para o governo de Rondônia. Não é necessário entrar no debate se ele realmente é culpado ou não; se o tratamento que lhe foi dado, por ser um político burguês, é semelhante ao que fazem com as lideranças de esquerda ou não; ou se as pesquisas que o colocou em segundo lugar são fraudadas ou não.

O ponto que deve aqui ser discutido é que os poderes extremos que vêm sendo dado aos juízes que utilizam são uma maneira de aumentar o poder da burguesia sobre as eleições. Alguns candidatos da população são simplesmente impedidos de concorrer, como é o caso do Lula; outros, são chantageados quando a justiça tira da manga um podre para forçá-lo a adotar determinado posicionamento ou coisa do tipo. Isso é a ditadura dos capitalistas, o maior come o menor, com na lei da selva.