Toque de recolher
Prefeito Robério Oliveira (PSD) acaba de assinar medida que é um primeiro passo para instalar uma ditadura contra a população em favor dos patrões.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
roberio oliveira
Roberio em reunião com a direita e os patrões para decidir o toque de recolher. Imagem: reprodução |

A Prefeitura de Eunápolis publicou, nesta sexta-feira (22), o decreto N°9,050 que implanta o início de uma ditadura na cidade com a justificativa de conter a disseminação do coronavírus. A decisão se deu a partir de uma reunião com vários setores da sociedade como a justiça, Ministério Público, da Polícia Militar e do comércio da cidade.

A medida deve ser denunciada como um prenúncio de medidas ainda mais ditatoriais como o chamado lockdown que coloca a cidade em estado de sítio e todos os direitos da população são cassados.

A medida pode enganar os mais ingênuos em achar que é para combater o coronavírus, mas não a população não deve se enganar porque não passa de pura demagogia para esconder a prefeitura não faz absolutamente nada para ajudar a população. Isso fica ainda mais evidente sendo realizado a noite quando a maior parte da população está em suas casas e durante o dia continua trabalhando exposta ao vírus sem nenhuma outra proteção.

Não há nenhuma medida de apoio a população. Não há testes para serem realizados, não há distribuição de máscaras e álcool gel para a população, não há programa de assistência social, de renda para o trabalho informal, de proibição das demissões, de distribuição de alimentos entre muitas outras medidas.

Em vez disso o prefeito, juntamente com os patrões da cidade, mantém o comércio e as indústrias abertas, os trabalhadores rurais ainda são obrigados a trabalharem para não morrer de fome e todos expostos ao coronavírus.

Nesse cenário, Robério Oliveira tem como única medida mandar a polícia para reprimir a população e os trabalhadores que estão para se levantar contra essa situação de crise econômica e sanitária agravada pelos governos de direita e dos patrões que estão demitindo em massa e cortando salários de trabalhadores, como o próprio prefeito com os servidores.

Fica claro que o toque de recolher pode ser ampliado, mas com as empresas funcionando e contaminando os trabalhadores, e será colocado para reprimir trabalhadores que realizam manifestações contra cortes nos salários e demissões, como os professores e servidores dos municipais.

É preciso denunciar essas medidas ditatoriais que serão utilizadas pelos patrões e a direita contra os trabalhadores e a população que vão se manifestar contra a direita que se aproveita da pandemia para atacar os trabalhadores.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas