Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
lula
|

Da redação – O desembargador Leandro Paulsen, do TRF-4, seguiu a decisão ditatorial da inquisidora Carolina Lebbos na madrugada de hoje (30), que rejeitou pedido da defesa do ex-presidente Lula para que ele pudesse ter o direito de ir ao velório de seu irmão, Genival Inácio da Silva, que morreu ontem.

A Polícia Federal, que não passa de uma polícia política, também se mostrou contra o direito de Lula, utilizando a desculpa esfarrapada de que não teria condições de fazer o seu transporte e de que haveria um “risco de fuga” do ex-presidente.

Essa é mais uma demonstração da brutal ditadura imposta no País, exercida especialmente pelo Judiciário e pela Polícia Federal, que são órgãos sem o menor controle popular, financiados e controlados pelo imperialismo norte-americano e que foram fundamentais no golpe que derrubou Dilma e prendeu Lula.

Até mesmo durante a ditadura militar, quando Lula esteve preso por organizar as greves do ABC, ele teve o direito de ir ao velório de sua mãe. Essa comparação mostra o quão ditatorial se transformou o atual regime golpista e bolsonarista, e o quão perigoso é Lula para os golpistas, que temem que uma simples saída poderia desencadear uma crise no regime e reacender o clamor popular por sua liberdade.

Não se pode acreditar na Justiça e nas instituições golpistas, elas demonstram a cada dia que farão de tudo para manter Lula preso. Somente a gigantesca mobilização popular poderá libertar o ex-presidente e garantir os seus direitos mais básicos. Infelizmente, a imobilidade das direções da esquerda faz com que o movimento não prossiga. Por exemplo, diante de mais essa demonstração de ditadura contra o ex-presidente, as organizações de esquerda deveriam chamar um grande ato nas ruas reivindicando os direitos de Lula e a sua liberdade, porque não se pode engolir a seco tamanha arbitrariedade.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas