Protestos
O número de mortos no Chile aumentou para 15, resultado da extrema repressão policial exercida pelo presidente Sebastián Piñera, que recentemente decretou estado de emergência
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
ferido-no-chile (1)
Foto: Ivan Alvarado/Reuters |

Da redação – O governo chileno anunciou nesta terça-feira (22) que o número de mortos no Chile aumentou para 15. Isso ocorre diante da extrema repressão policial exercida pelo presidente Sebastián Piñera, que recentemente decretou estado de emergência.

A imprensa tenta colocar a culpa na violência utilizada pelos manifestantes. Mas na verdade a revolta popular é apenas uma reação diante dos ataques da direita e da polícia. A polícia tem se utilizado de fuzis e bombas para reprimir as manifestações.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas