Depois do golpe
Havana denunciou que quatro médicos que trabalhavam em El Alto, cidade vizinha a La Paz, foram ilegalmente detidos.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
medicos-cubanos
Médicos Cubanos |

Da redação – Diante das ameaças do governo golpista autoproclamado da Bolívia e dos bandos fascistas nas ruas, Cuba repatriará 725 funcionários da cooperação da Bolívia, que chegaram ao país no governo do ex-presidente Evo Morales , principalmente para assistência médica e educacional, disse a ministra golpista do governo autoproclamado, Karen Longaric.

Havana denunciou que quatro médicos que trabalhavam em El Alto, cidade vizinha a La Paz, foram ilegalmente detidos.

“Quatro integrantes da brigada médica de El Alto foram detidos pela polícia”, disse um comunicado da Chancelaria cubana. “Exigimos que eles sejam liberados imediatamente e que as autoridades bolivianas garantam a integridade física de cada um dos colaboradores cubanos” no país.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas