Discurso de fascista: Augusto Heleno pede prisão perpétua para Lula

aa7f0eda-47c7-4329-be4f-e00c7770c1d6

Da redação – O ministro chefe do GSI, general Augusto Heleno, deu declarações extremamente raivosas durante um café da manhã de Jair Bolsonaro com a imprensa golpista.

“Um presidente da República desonesto tinha que tomar uma prisão perpétua. Isto é um deboche com a sociedade. Presidente da República desonesto destrói o conceito do país. Isso é o cúmulo e ele ainda aventar a hipótese da facada ser uma mentira. Será que o câncer dele foi mentira? E o câncer da dona Dilma foi mentira? Alguém disse para ele isso daí? Alguém teve peito de dizer isso para ele? Isso é uma canalhice típica desse sujeito. Não mereceu jamais ser presidente da República, que é uma instituição quase sagrada. Eu tenho vergonha de um sujeito desse ter sido presidente da República”, disse Heleno.

Trata-se de um discurso claramente fascista que demonstra a disposição do governo Bolsonaro e da direita golpista de manter Lula preso, e não só ele mas toda a população.