Paraná
Ênio Pasqualin estava em sua casa, com sua família, quando foi surpreendido por um grupo armado, que o sequestrou
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Reprodução
Ênio Pasqualin, dirigente estadual do MST no Paraná | Foto: Reprodução

O dirigente estadual do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) do Paraná, Ênio Pasqualin, foi assassinado a tiros entre a noite de sábado (25) e a manhã deste domingo (26), em Rio Bonito do Iguaçu, cidade do interior do estado onde vivia com sua família.

De acordo com o MST, Ênio estava com a família em sua casa, no Assentamento Ireno Alves dos Santo, quando foi surpreendido por um grupo armado que invadiu sua residência e o sequestrou utilizando o carro do próprio militante.

Segundo a Polícia Militar, que foi à casa de Pasqualin logo após o sequestro, sua esposa relatou que o grupo chegou a pé, efetuou disparos no local, roubaram documentos, celulares e outros objetos pessoais e, finalmente, saíram com o dirigente em sua caminhonete.

Agentes da polícia, então, realizaram patrulhamento nas imediações mas os sequestradores não foram encontrados. Já na manhã deste domingo (25), o corpo de Pasqualin foi encontrado em uma estrada rural da cidade.

Confira a reportagem completa na Revista Fórum.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas