Esportes na pandemia
Em entrevista, Michel D’Hooghe diz que futebol é um esporte de contato e o contato deve ser evitado.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
futebol coronavirus no match today GRANDE
Torcedor na Itália vendo anúncio de jogos cancelados. Daniele Mascolo/Reuters |

Da redação – Michel D’Hooghe, o diretor médico da Fifa, disse em entrevista ao Sky Sports News que as partidas de futebol só devem ser retomadas a partir de setembro, por conta do coronavírus. Segundo ele, “Se há um momento onde prioridades absolutas deveriam ser dadas a assuntos médicos, é agora. Não é questão de dinheiro, mas de vida ou morte”.

Alguns países já pensam em retomar os jogos antes dessa data. O campeonato alemão se prepara para voltar no próximo mês e o inglês pretende retomar no mês de junho. O caso do Brasil está sendo avaliado pelo ministro da saúde, Nelson Teich.

O diretor médico da Fifa, porém, é altamente contrário a isso. Ele diz, na entrevista: “O mundo não está pronto para o futebol competitivo, eu espero que isso possa mudar muito rapidamente, e espero sinceramente. Hoje precisamos de mais paciência”. Segundo ele, o principal problema é que o futebol é um esporte de contato, e o contato é algo que está sendo extremamente desaconselhado por todas as entidades médicas do mundo.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas