Projeto levará ao fim do PNAE
A educação está sofrendo um novo ataque, dessa vez os golpistas estão abrindo caminho para o fim do PNAE e da parceria com o pequeno agricultor em relação a merenda.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
images (2) (1)
Destruição da educação em todos os níveis. |

Os golpistas continuam sua onda incisiva de ataques contra os setores mais vulneráveis da população, sendo a educação um dos pontos mais atingidos pela política destrutiva do golpe que pretende acabar com o ensino público e entregá-lo na mãos dos interesses das grandes empresas imperialistas.

Nesse sentido, o trabalho de destruição do ensino vem sendo realizado em diversos âmbitos, se destacando entre eles os grandes cortes que atingiram as federais de todo país, a redução dos salários aos profissionais da área e a diminuição radical dos recursos, que em muitos casos foram desviados para finalidades escusas dos golpistas, como por exemplo propagandas a favor do governo e até mesmo contra as próprias empresas estatais, vítimas do imperialismo e que estão com os dias contatos no Brasil.

Agora, novamente os golpistas voltam a atacar a educação, sempre com algo novo, uma nova tentativa de fechar o cerco e por um fim completo ao ensino público e com um mínimo de qualidade. Se antes se pensava que os ataques eram exclusivos a federais, um caso a parte no cenário nacional, as novas medidas tomadas provam totalmente o contrário. O senador Izalci Lucas (PSDB/DF) colocou em tramitação um projeto de lei que visa a alteração dos recursos envolvendo as merendas escolares e a agricultura familiar, muito beneficiada com acordos junto ao estado que possibilitavam uma priorização da mesma nas escolhas de alimentos saudáveis para os estudantes.

Com esse projeto de lei, se dá um grande passo para a extinção de todo o trabalho em conjunto com a agricultura familiar, um enorme ataque ao PNAE, projeto nacional de alimentação estudantil, e aos próprios produtores.

Os golpistas dão ao município o dever de cuidar destes assuntos, os mesmos municípios falidos pela política neoliberal que desvia grande parte das verbas adquiridas para sustentar os grandes bancos imperialistas, e dessa forma os golpistas, responsáveis por essa crítica situação, dizem já de antemão que provavelmente muitas cidades não darão conta de fornecer como esperado a alimentação para os estudantes tão como a parceria junto ao pequeno produtor.

Um ataque baixo, de propaganda cínica e destrutiva, que surge no meio de uma política geral de ataques a educação de todos os níveis, que já sofrem com o fato do governo pressionar muitas escolas a se tornarem militarizadas e com a baixa verba recebida.

Os golpistas assim destroem tanto as instituições de ensino, impedem o estudante de se alimentar como também atacam ferozmente o pequeno agricultor em favor dos grandes capitalistas. Fica claro a cada dia que passa que não há nenhum setor oprimido nesta sociedade que saia beneficiado pelo golpe, a devastação do país é geral e por isso necessitamos por um fim definitivo em tudo isso. Fora Bolsonaro e todos os golpistas!

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas