Bancada Evangélica
O Congresso Nacional aprovou um projeto que anistia R$ 1 bilhão em dívidas das igrejas. A medida aguarda sanção do presidente Jair Bolsonaro.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
49974796856_a3a3fef6a9_k-1
Silas Malafaia, apoiador de Bolsonaro e líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo. | Isac Nóbrega/ PR.

Um projeto aprovado no Congresso Nacional, que pode ser sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro (ex-PSL, sem partido), pretende anular a dívida tributária de R$ 1 bilhão das igrejas com a Receita Federal. A dívida é composta por multas aplicadas pela Receita.

Bolsonaro e a extrema-direita fascista têm na bancada evangélica no Congresso Nacional um dos principais pilares de sustentação política. As igrejas de um modo geral, e as evangélicas em particular, tiveram papel fundamental no golpe de Estado de 2016.

 

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas