Burguesia “científica”
A prefeitura de Porto Seguro/BA está se preparando para a volta às aulas, mesmo com pandemia e sem vacina, apoiando assim a política genocida da burguesia
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
prefeita Porto Seguro
Prefeita Cláudia Oliveira (PSD) | Foto: Reprodução

Nos últimos dias, a prefeitura da cidade de Porto Seguro (BA) afirmou estar preparando as escolas da rede municipal de ensino para o retorno às aulas presenciais, mesmo sem ter discutido com os professores, funcionários e alunos, sem o fim da pandemia e sem vacina.

Entre os materiais entregues, estão carteiras, equipamentos para os refeitórios, armários, prateleiras, mesas para as salas de professores, bombas sanitizantes, entre outros. 

“O momento exige muita consciência em relação às necessidades de nossos alunos, professores e demais servidores da Educação, e responsabilidade sobre as exigências do momento”

afirma a prefeita Cláudia Oliveira.

A declaração da prefeita chega a ser, de certa forma, cômica, falar sobre “consciência em relação às necessidades de nossos alunos, professores e demais servidores da Educação, e responsabilidade sobre as exigências do momento”  quando a Prefeita Cláudia Oliveira (PSD) nem sequer paga os salários dos professores da rede municipal, como no caso do meio deste ano onde ela suspendeu os contratos de vários professores e funcionários, retirou salários de 1100 profissionais da Educação e funcionários, e substituiu por um auxílio miserável de R$ 700, valor que não chega nem no salário mínimo.

Outro ocorrido que comprova a vigarice de Cláudia Oliveira é que a prefeita nunca sequer deu assistência e cestas básicas aos estudantes que necessitavam da merenda escolar para completar sua alimentação diária. 

Ou seja as responsabilidades que Claudia afirma ter não é com a comunidade escolar, e sim com a burguesia, a direita e os golpistas que querem realizar um verdadeiro genocídio contra os estudantes, professores e funcionários dos colégios. 

“será anunciada no momento oportuno”.

Disse a prefeita em relação a volta às aulas.

A campanha de volta às aulas é altamente impulsionada pela burguesia, principalmente pelos banqueiros que são donos de colégios e faculdades particulares, eles não ligam para educação, a saúde e o bem-estar do aluno, mas sim para o dinheiro entrando no bolso deles. Os políticos da direita agarram com unhas e dentes essa política pois são os representantes da burguesia, ou melhor dizendo, seus capachos e vão levar essa política genocida até o fim se não houver uma mobilização popular em torno da questão da volta às aulas.

É preciso organizar os trabalhadores e a população para ir as ruas exigir salários adequados, não aceitando que a prefeitura entregue essa miséria para os educadores e nem a mixaria do governo Bolsonaro. 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas