Investigação da PGR
Regime político se organiza para nova ofensiva, cuja finalidade óbvia é de criminalizar a atividade política
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Brasília- DF. 25-09-2019- sabatina do indicado para Procuradoria-Geral da República, o subprocurador Augusto Aras. Foto Lula Marques
O Procurador-Geral da República, Augusto Aras. | Foto: Arquivo/DCO

O Procurador-Geral da República, Augusto Aras, incluiu no inquérito em andamento contra o governo de extrema-direita o uso de cota parlamentar de deputados da base bolsonarista, usados para financiar atos públicos realizados pelo grupo. As informações foram divulgadas pelo jornal O Globo.

Consultados pelo jornal burguês, os parlamentares bolsonaristas negaram ter usado a verba parlamentar para cometer atos “antidemocráticos”.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas