Investigação da PGR
Regime político se organiza para nova ofensiva, cuja finalidade óbvia é de criminalizar a atividade política
Brasília- DF. 25-09-2019- sabatina do indicado para Procuradoria-Geral da República, o subprocurador Augusto Aras. Foto Lula Marques
O Procurador-Geral da República, Augusto Aras. | Foto: Arquivo/DCO
Brasília- DF. 25-09-2019- sabatina do indicado para Procuradoria-Geral da República, o subprocurador Augusto Aras. Foto Lula Marques
O Procurador-Geral da República, Augusto Aras. | Foto: Arquivo/DCO

O Procurador-Geral da República, Augusto Aras, incluiu no inquérito em andamento contra o governo de extrema-direita o uso de cota parlamentar de deputados da base bolsonarista, usados para financiar atos públicos realizados pelo grupo. As informações foram divulgadas pelo jornal O Globo.

Consultados pelo jornal burguês, os parlamentares bolsonaristas negaram ter usado a verba parlamentar para cometer atos “antidemocráticos”.

Relacionadas
Send this to a friend