Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Passado o último ano de muita luta travada acerca do direito ao aborto, a luta das mulheres ainda deve se acirrar neste ano. Mais uma vez a direita tenta impedir o direito à emancipação da mulher, que se dá na legalização do aborto, tratando-se de uma questão de saúde pública. No ano anterior a proposta que estava na mesa era de aumentar a criminalização do aborto por meio da PEC 181, ela que viria a aprofundar ainda mais os ataques contra as mulheres.

Agora o ataque mira a Sugestão Legislativa (SUG 15 /2014), que propõe a legalização do aborto até as 12 primeiras semanas de gestação. Todo o procedimento seria realizado pelo SUS (Sistema Único de Saúde), garantindo à mulher todo o aparato necessário para que o processo ocorra de maneira segura, diferentemente do que ocorre em clínicas clandestinas, que acarretam na morte de milhares de mulheres anualmente no país. Além da legalização do aborto, a SUG propõe a formação de todo um aparato na figura de uma equipe médica que sirva como orientação para a mulher durante todo o processo.

Com o golpe, a direita está se sentindo à vontade para suprimir qualquer avanço no que diz respeito à população, em especial as mulheres. A exemplo disto está a contraposição do senador Magno Malta que está pedindo arquivamento da sugestão legislativa. O representante da bancada da bíblia já entregou relatório à Comissão de Direitos Humanos (CDH) pedindo seu arquivamento. As justificativas sempre permeiam o campo moral e obscurantista da direita golpista, que a cada dia aumenta seu ataque contra direitos fundamentais das mulheres.

Nesse sentido, é preciso barrar o avanço da direita no que diz respeito à luta das mulheres, derrotar o golpe, o grande precursor dos piores ataques contra as mulheres, sendo elas econômica e socialmente já tratadas inferiormente pelo Estado. O golpe piorou esse status. Por isso, as mulheres devem se organizar em torno da luta frontal contra o golpe e seu aprofundamento.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas