A direita golpista é contra o conhecimento

Imagine que interessante as crianças brasileiras já aprenderem noções de economia e filosofia. Pensando nisso, a editora Boitempo, em comemoração ao bicentenário de Karl Marx, lançou “O Capital para crianças”, ilustrado por Liliana Fortuny e Joan R Riera.

Entretanto, a direita é contra o conhecimento. É possível lembrar frases absurdas: “Abaixo a inteligência! Viva a Morte!”, dita pelo General Millan Astray (um dos generais da Ditadura de Franco). E também pérolas no twitter de Olavo de Carvalho como: “os cientistas explicam satisfatoriamente todos os fenômenos que eles mesmos inventam.” Essa última virou meme na internet com uma possível resposta de Newton: “sim Olavo, antes de eu inventar a gravidade as pessoas viviam voando por aí”. Fora os ícones dos golpistas como Alexandre Frota.

Sendo assim, a direita correu para atacar a Boitempo dizendo “ensine o comunismo para crianças na PQP” e chamando Ivana Jinkings, editora da Boitempo, de “nojenta”.

Mas, ciente do significado de realizar um trabalho didático de um cientista político tão importante, respondeu “não vamos recuar, que ameaças como essas não nos intimidam e serão respondidas com firmeza”, e que esse é um momento “regressivo no país”, com “perdas de direito”. Ou seja, o que torna a divulgação do marxismo ainda mais primordial.