Direita assassina: sem-terra é baleado em Rondônia

acamp

No último dia 9, um trabalhador sem terra foi baleado enquanto dormia no acampamento Fidel Castro na zona rural do município Vale do Paraíso (RO).

O acampamento de 50 famílias foi acordado com os tiros pela madrugada, os sem-terra encontraram o trabalhador caído com um tiro nas costas. O homem baleado foi socorrido e está em estado grave no hospital municipal de Ji-paraná.

O ritmo de assassinatos no campo foi dramaticamente acelerado após o golpe, com o ambiente de ascensão das forças fascistas . O ataque, mais do que uma tentativa de intimidação, é um sinal do fenômeno de esmagamento dos setores mais fragilizados e indefesos da sociedade pelas forças da direita.

Lutamos pelo direito de autodefesa dos sem-terra, e de todos os trabalhadores, que morrem como moscas nas mão dos jagunços da burguesia, na cidade e no campo.