HAMBURGUER_1
SHARE

Adquira o Jornal Causa Operária 1.172!

Anterior
Próximo

"Democratas" golpistas

Direita ameaça golpe militar com apoio do imperialismo no Peru

Burguesia tirou a roupa, apoiou o fascismo nas eleições e agora está apoiando um golpe militar fascista

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Keiko Fujimori, candidata fascista apoiada pelo imperialismo – Foto: Néstor Soto Maldonado

Pedro Castillo correu por fora do sistema político e derrotou a candidata da burguesia e do imperialismo nas eleições peruanas. Um grupo de militares da reserva, no entanto, exigiu dos da ativa darem um golpe de estado porque as eleições teriam sido fraudulentas, conforme noticia a imprensa peruana.

Após o segundo turno, diante da intensa polarização no país andino, ainda há uma certa mobilização popular a favor de Castillo, que contou com o apoio da maioria dos trabalhadores e camponeses do Peru por se apresentar como um candidato de esquerda. Entretanto, há também uma mobilização fascista a favor do golpe da direita.

Keiko Fujimori, candidata derrotada, é filha do ex-ditador Alberto Fujimori (1990-2000). A imprensa demagoga que tanto se refere ao governo de Nicolás Maduro na Venezuela como uma ditadura nunca falou durante a era Fujimori que o então presidente peruano era um ditador. Apenas depois que ficou muito feio, e depois que ele saiu do poder, que falaram em ditadura, mas sempre o apoiaram.

A chamada burguesia civilizada do Peru apoia inclusive o golpe fascista. O prêmio Nobel de literatura, Mario Vargas Llosa, apoiou publicamente Keiko Fujimori nas eleições e apoia o golpe. Ele é o principal representante da direita neoliberal “democrática” peruana, cachorrinho do imperialismo. Mostra qual é a verdadeira posição da direita “democrática” – políticos coloniais controlados em particular pelo imperialismo americano, igual no Brasil.

Um dos principais assessores de Keiko é um político também “democrático” e com estreitas ligações com a CIA – que esteve de visita no Brasil para fiscalizar o trabalho de seu funcionário no Palácio do Planalto. Nessa visita, Bolsonaro falou sobre a situação preocupante na América Latina. Alguma relação com o golpe no Peru? Veremos.

Isso comprova como o imperialismo está por trás de todas as mazelas que estão ocorrendo neste exato momento no continente. Biden é muito mais ligado ao setor golpista e imperialista da burguesia norte-americana e vai trabalhar para intensificar o regime golpista e de extrema-direita no continente. Brasil e Peru são indicações disso.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.