Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Os prepostos do governo golpista de Michel Temer a frente da direção do Banco do Brasil aumentam os ataques aos trabalhadores no processo de reestruturação que passa a empresa, desta vez são os funcionários que estão lotados nas agências digitais.

Em carta aberta divulgada por um grupo de funcionários que passaram a trabalhar nos escritórios digitais do banco, denunciam a superexploração por qual passam nos seus locais de trabalho, onde o critério adotado pela empresa é pela obtenção do lucro a qualquer custo passando por cima dos direitos dos trabalhadores sem que se tenha um mínimo critério para o desenvolvimento adequado de método de trabalho.

Na carta tem como título “Somos mais que resultados” já deixa claro o que vem acontecendo nos escritórios digitais. Se manifestam sobre o modelo de gestão utilizado pelo banco. Desclassificação e rebaixamento de funcionários, não há suporte devido de treinamento, já que se trata de um novo modelo de agências, sobrecarga no acúmulo de diferentes funções em que o funcionário é submetido a trabalhar com quatro tipos de mídias simultaneamente (telefone, chat, email e GAT), cada trabalhador fica responsável pelo atendimento de mais de 800 pessoas, assédio moral pelo o cumprimento de metas, etc.

O que vem acontecendo no BB é a mesma política que está em desenvolvimento nos demais bancos, tanto públicos quanto os privados.

É necessário organizar imediatamente em toda a categoria uma reação, junto com os demais trabalhadores, colocar nas ruas uma intensa mobilização contra o golpe, para derrotar a ofensiva dos banqueiros e seus governos.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas