Menu da Rede

Dilma: “Somente Lula pode barrar o golpe”

Tempo de Leitura: < 1

Publicidade

Lula está preso ilegalmente faz quase dois meses. O ex-presidente foi preso como resultado do golpe de Estado que derrubou Dilma Rousseff e que agora tem avançado sobre os direitos dos trabalhadores.

A prisão de Lula tem um interesse claro para a direita. Ele não deve fazer campanha, não deve ser candidato, e, em especial, ele não pode polarizar a situação política, entre os golpistas e as vítimas de golpe, a única candidatura capaz de fazer isso, também por esse motivo está preso.

Dilma Rousseff esteve com o ex-presidente nesta semana, em visita, e comentou que Lula é o único político capaz de barrar o golpe, a candidatura do ex-presidente é a única capaz de impor alguma derrota ao golpe de Estado. Lula comentou com Dilma, ainda, que está vendo a destruição da maior empresa brasileira, que é a Petrobras.

A declaração da ex-presidenta está corretíssima. Lula é a única pessoa capaz de mobilizar atrás de si todo o povo que está revoltado com os ataques do golpe de Estado, e que não quer saber de “plano B”, e que, em último caso, está disposto a enfrentar as instituições golpistas para fazer valer seus direitos.

A direita quer a eleição dos sonhos: que ela controle todo o processo e que a candidatura da esquerda que possa vencer os direitistas esteja presa. Mesmo nesse cenário, a crise será constante, de ponta a ponta do processo eleitoral.

Por isso, é preciso fortalecer a campanha da candidatura de Lula, contra o golpe de Estado, contra os ataques dos direitistas. Mobilização esta que tem como passo fundamental a Conferência Nacional Aberta de Luta Contra o Golpe, a ser realizada aos dias 21 e 22 de julho, em São Paulo.

Populares na Rede
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTV

A Frente Popular na França, por Rui Costa Pimenta - Universidade Marxista nº 409

101 Visualizações 94 minutos Atrás

Watch Now

Send this to a friend