Lido nas redes

“A carta é branca. As mortes são negras. O Estado é racista. O exército é genocida. 80 tiros. Um negro morto. Brasil.”

Faferj Comun no Facebook