Dia de hoje na história: 28 de maio de de 2007, primeiro dia da Televisora Venezolana Social no ar

A Televisora Venezuelana Social (TVes) foi ao ar, na madrugada do dia 28 de maio de 2007.

Às 0:49 do dia 28, a TVes inaugurou sua programação com o Hino nacional da Venezuela interpretado pela Orquesta Sinfónica Infantil .

Logo após, inicia sua transmissão com um vídeo introdutório do que será sua programação. Um ato de celebração do começo desse canal é depois exibido.

Aqui a inauguração:



A TVes foi inaugurada com o fechamento, no dia 27 de maio de 2007 da RCTV, canal televisivo que teve papel fundamental na tentativa de golpe e derrubada do governo de Hugo Chávez em 2002, que, até então, não havia feito nada em relação aos cinco canais de TV privados que atacavam o governo chavista diariamente.

Os documentários A revolução não será televisionada e Ponte Laguna (encontrados no Youtube) mostram o papel fundamental que a imprensa golpista teve na tentativa de golpe, manipulando horários, criando fatos e desestabilizando de forma quase definitiva o governo do povo de Chavez.

Ficou claro então, que o governo Chavista deveria tomar providências contra os golpistas. Criou-se o verdadeiro canal do povo venezuelano.

Com programas culturais e esportivos, filmes nacionais e internacionais, a TVes se transformou na porta voz do governo, do povo e com uma bela programação, substituindo a enxurrada de lixo podre televisivo, calúnias, difamação e ataques ao povo.

O governo de Hugo Chávez demonstrou a necessidade de uma televisão do povo e para o povo. Uma televisão que defenda os interesses dos trabalhadores. Não há como dar espaço para golpistas. A esquerda brasileira tem muito a aprender com essa iniciativa do Chavismo.

Link para A revolução não será televisionada 

Link para Ponte Llaguno