Coxão e Coxinha, por Jota Camelo