Diante da resposta do Hammas aos ataques de Israel as partes iniciam um cessar-fogo

gaza

Após dois dias de intensos confrontos entre Israel e militantes palestinos, informações indicam que os dois lados teriam estabelecido um acordo para um cessar-fogo. O confronto se intensificou na quarta-feira, dia 8 de agosto, e se estendeu durante todo o dia de hoje.

As informações dão conta de que Israel teria utilizado aviões para atingir ao menos 150 alvos espalhados pela faixa de Gaza, deixando um saldo imenso de destruição. Em retaliação o Hammas, que no atual momento controla a região e faz feroz oposição à opressão israelense, lançou vários mísseis contra o território israelense, mas ao que tudo indica a maior parte teria sido interceptada pelo sistema antiaéreo israelense antes de atingir os alvos.

Um dos poucos mísseis a atingir o território israelense caiu próximo à cidade de Be’er Sheva, ao Sul do país, e teria deixado uma mulher gravemente ferida.

As autoridades israelenses ainda não emitiram nenhum pronunciamento oficial sobre o cessar-fogo, mas as informações sobre o assunto tem circulado na imprensa tanto de um lado quanto do outro.