Dia de hoje na história: inicia a revolução chinesa

Revolucao-Chinesa

A Revolução Xinhai ou Revolução Hsinhai, também conhecida como a Revolução de 1911 ou ainda como Primeira Revolução Chinesa, foi um processo que se iniciou no dia 10 de outubro e derrubou em fevereiro de 1912 da dinastia Qing para estabelecer a República da China.  Também conhecido como o Império do Grande Qing ou Grande Qing, a dinastia foi a última da China, governando por 268 anos (de 1644-1912) com uma breve restauração abortiva em 1917.

Sua derrocada começou com a Revolta de Wuchang, no dia 10, trazendo reflexos de uma grande crise econômica dessa dinastia e de suas últimas ações no comando. Desde 1900, a dinastia Qing havia decidido fundar uma série de exércitos modernizados, denominados “Novos Exércitos” e a cidade de Wuchang, junto ao rio Yangzi na província de Hubei, foi transformada no principal centro industrial militar do país para a construção de armas e equipamentos.

O levante em si foi desencadeado por um fato peculiar, quando uma bomba foi preparada por um grupo revolucionário e explodiu por acidente.  Este ocorrido levou a polícia a investigar e acabaram descobrindo listas de militares organizados em atividades contra o atual regime com muita insatisfação. Com a notícia de que os grupos de rebeldes teriam sido descobertos, os mesmos, membros dos Novos Exércitos, decidiram colocar suas atividades na prática, à mostra, para não serem pegos.

A rebelião levou o governo provincial de Hubei a fugir da cidade, porém, a insurreição parecia mais um de vários protestos similares no seio do exército que haviam ocorrido no sul da China. A demora na reação da dinastia, levou o governo central a se enfraquecer em diversos pontos, enquanto a rebelião aumentava a confiança e vários governos provinciais do sul da China que não demoraram a retirar o seu apoio à corte imperial entrando para as fileiras rebeldes.

Ao se espalhar pelas províncias do sul, culminou com o aumento da pressão e levou à abdicação do imperador Pu Yi em 12 de fevereiro de 1912. A revolução é assim chamada porque a palavra Xinhai significa literalmente “Quarenta e oito”, que é o nome de 1911, de acordo com o ciclo sexagesimal do calendário chinês.