Siga o DCO nas redes sociais

Em Curitiba
Dia 14: lutar pela liberdade de Lula!
As revelações do The Intercept Brasil começaram ainda em junho, escancarando a armação da Lava Jato contra o ex-presidente, diante disso não se pode ficar apenas assistindo
lula-avenida-paulista
Em Curitiba
Dia 14: lutar pela liberdade de Lula!
As revelações do The Intercept Brasil começaram ainda em junho, escancarando a armação da Lava Jato contra o ex-presidente, diante disso não se pode ficar apenas assistindo
Lula durante ato em defesa da democracia em 2016, na Av. Paulista. Foto: Ricardo Stuckert
lula-avenida-paulista
Lula durante ato em defesa da democracia em 2016, na Av. Paulista. Foto: Ricardo Stuckert

Há 522 dias o ex-presidente Lula está confinado em Curitiba como um preso político da direita golpista. Condenado sem provas na operação Lava Jato, armada para dar um golpe de Estado e perseguir politicamente figuras de esquerda, Lula foi impedido de participar das eleições do ano passado, mesmo liderando as intenções de voto em todas as pesquisas. Violou-se assim qualquer fachada de representação que se pudesse pretender dar ao atual governo. Agora, Lula continua impedido de participar ativamente da vida política do País, pois isso representa um enorme elemento de crise e, do ponto de vista da direita, um perigo de desestabilização do regime golpista.

Esses dados da situação política colocam Lula no centro da luta contra o golpe e o governo Bolsonaro. A luta pela liberdade do ex-presidente é hoje uma questão central da luta democrática no País e um fator importante na luta contra o bolsonarismo. Sua liberdade colocaria o regime imediatamente em xeque, e sua própria libertação só poderá vir como fruto de uma derrota da direita golpista. Sua prisão é arbitrária e as instituições do regime, sob domínio da direita, estão organizadas para mantê-lo preso. Por isso só a mobilização popular, pressionando o regime político, pode impor a soltura de Lula.

Para soltar Lula e derrotar a direita é preciso que os trabalhadores vão às ruas para exigir a liberdade do ex-presidente. Palavras de ordem pela liberdade de Lula são comuns nas manifestações populares e operárias contra o governo. Agora é hora de iniciar uma mobilização também em torno dessa pauta, especificamente. Para isso, o PCO está chamando todos a irem a Curitiba no próximo sábado, dia 14, para um ato político de protesto contra a prisão de Lula e por sua liberdade, em torno da palavra de ordem: Liberdade para Lula!

É crucial realizar um combativo ato como esse nesse momento. Desde junho os vazamentos do The intercept Brasil escancaram que a Lava Jato foi uma farsa completa aramada para perseguir Lula. Diante disso, não é possível ficar apenas assistindo o surgimento dessas informações, que confirmam semana após semana as denúncias contra a Lava Jato. É preciso organizar uma grande campanha pela liberdade de Lula e pela anulação dos processos. O protesto no dia 14 em Curitiba visa despertar esse movimento, que seria fundamental na luta contra a direita.

Por isso, dia 14, todos a Curitiba! É hora de mobilizar o movimento contra o governo Bolsonaro e a direita em torno da questão de Lula. Liberdade para Lula!