Nas redes sociais
Ato pela liberdade de Lula repercutiu nas páginas oficiais do ex-presidente no Twitter e no Facebook
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
imgpsh_fullsize_anim (1)
Essa convocação tem o potencial de aumentar a presença popular em Curitiba. Foto: DCO |

Na última quarta-feira (11), as páginas oficiais do ex-presidente Lula no Facebook e no Twitter publicaram um material do Partido da Causa Operária convocando seus mais de 5 milhões de seguidores a participarem das caravanas para Curitiba que estão levando a militância de esquerda para o ato que ocorrerá amanhã pela liberdade do líder petista.

“No próximo sábado (14), o PCO (Partido da Causa Operária) vai a Curitiba para defender a liberdade de Lula. Participe das caravanas! #LulaLivreJá – Está organizando alguma caravana? Envie pra gente e ajude a reforçar a luta em defesa da anulação dos julgamentos contra Lula”, postaram as páginas do ex-presidente, preso político pelos golpistas.

O material gráfico leva o contato para se inscrever para as caravanas que saem de São Paulo: (11) 96388-6198.

No Facebook, onde a página de Lula tem 4,1 milhões de seguidores, a publicação teve mais de 2,3 mil reações, quase 600 compartilhamentos e cerca de 800 comentários, até o final desta edição. No Twitter @LulaOficial, que tem mais de 964,4 mil seguidores, mais de 800 perfis curtiram a postagem, mais de 300 compartilharam e mais de 60 comentaram.

O fato de as páginas oficiais do maior líder popular do País terem divulgado o ato deste sábado em Curitiba demonstra que Lula tem plena noção da importância dessa manifestação popular para a luta pela sua liberdade e contra a direita golpista.

Isto é, Lula, ao divulgar a convocação, também está convocando o ato. Em outras palavras, Lula convocou o ato deste sábado. E a convocação de Lula já é de outro nível, um nível superior, que tem a capacidade de mobilizar amplas camadas proletárias, do movimento operário e popular e a militância petista.

Este ato, um ato nacional pela liberdade de Lula, é fundamental para quebrar as tendências de desmobilização do movimento popular impulsionadas pela burocracia da esquerda pequeno-burguesa, ligada especialmente aos setores parlamentares. Essa desmobilização é vista no cronograma de atos da esquerda: no máximo um por mês, baseado em pautas diversas e não aglutinadoras. É preciso entender que atos frequentes – mesmo que não sejam imensos – mobilizam muito mais do que atos a conta-gotas.

A esquerda também precisa compreender que a luta pela liberdade de Lula unifica amplos setores da população, das camadas proletárias até mesmo a camadas ligadas à burguesia nacional cujos interesses estão sendo atacados pelos golpistas capachos do imperialismo.

Portanto, reforçamos a convocação de Lula para que este sábado tenha a cidade de Curitiba coberta por uma maré vermelha que mostra a força da pressão popular pela liberdade imediata do ex-presidente.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas