Gangue de jagunços, centrão aprova grilagem de terras

Formação Política

Dia 13 de julho começa a Universidade de Férias

A 47ª edição da Universidade Marxista está para começar, ainda dá tempo de se inscrever!

A concepção marxista sobre a questão da democracia e do liberalismo político. – Foto: Reprodução.

Redação do DCO

Luca Hermes

Para entender e intervir corretamente na situação política é preciso conciliar teoria e prática revolucionária. A intensa atuação política do PCO está sempre apoiada num consistente trabalho de formação política, esse é um aspecto fundamental para que os militantes e simpatizantes do partido atuem de maneira consequente.

Agir sem um embasamento marxista leva diversos grupos políticos a se perder nas próprias ações. Isso explica, em parte, a lambança protagonizada pelo Movimento Passe Livre, que na sua repulsa ao centralismo democrático deixou que enormes manifestações populares fossem manipuladas pela burguesia em 2013.

Por outro lado, teorizar apartado da realidade objetiva também leva a graves erros, pois ignora dados concretos nas suas análises. O “fique em casa” abraçado por setores da esquerda desde 2020 é um exemplo de desconexão com a realidade. Na teoria, se toda a população fizesse uma quarentena de alguns meses é possível que observássemos uma contenção da pandemia. Na prática, a imensa maioria da população nunca teve condições materiais de fazer isso.

Democracia, Socialismo e Revolução

A 47ª Universidade de Férias vai partir das revoluções burguesas para entender a concepção marxista sobre a democracia e o liberalismo político. Diante do panorama atual no Brasil pós-golpe de 2016 e do aprofundamento da crise histórica do capitalismo, as pautas reacionárias dão o tom do debate, cada vez mais, na imprensa burguesa. Setores da esquerda fazem coro com a campanha de ataque aos direitos democráticos do povo.

Travestidas como progressistas, pautas como censura, aumento de penas e criação de novos crimes recebem um verniz esquerdista de setores que se declaram defensores da “democracia”. Na contramão de concepções abstratas acerca dessa “democracia”, imposta na prática pela classe dominante, nosso mais recente curso vai abordar o problema dos direitos democráticos a partir dos elementos concretos da realidade.

A Revolução Francesa, nesse sentido, é um marco histórico muito importante e pouco compreendido em profundidade. Mesmo sem ter atingido seus objetivos de maneira plena, a reação conservadora da burguesia pós-revolução não conseguiu impedir avanços importantes nos direitos democráticos. Quem defende essas conquistas e luta por aprofundá-las atualmente não é a burguesia, é a classe operária, a classe revolucionária da nossa época.

Universidade Marxista

Nossa Universidade Marxista oferece uma estrutura rica em materiais para aprofundamento teórico. Nesta edição, teremos 30 horas de aulas expositivas ao longo do mês de julho. Além disso, um amplo acervo de textos, documentos, imagens e vídeos fica disponível para os participantes.

Nossa Enciclopédia Marxista é uma das ferramentas disponíveis para quem quiser se aprofundar nos mais diversos temas. E além desses recursos, esse curso de formação conta com grupos de estudo para discussão e esclarecimento de dúvidas. Esses grupos são todos coordenados por militantes experientes do nosso partido revolucionário.

Participe!

É muito fácil participar da Universidade Marxista do PCO, basta acessar o site https://universidademarxista.pco.org.br e entrar na “loja de cursos” disponível na plataforma. Para custear a estrutura do curso é necessário contribuir com uma taxa de R$ 100,00.

Nossos cursos mais recentes ainda estão disponíveis na plataforma e também podem ser realizados. São eles “Fascismo, o que é e como combatê-lo”, “A Revolução Chinesa” e “O que foi o stalinismo”. Oferecemos pacotes promocionais com mais de um curso. Confira!

Saiba mais sobre a Universidade Marxista:

Instagram: instagram.com/universidademarxista/

Facebook: www.facebook/unimarxista/

Twitter: twitter.com/UMarxista

Telefone/Whatsapp: (11) 99741-0436

Formação Política

Para entender e intervir corretamente na situação política é preciso conciliar teoria e prática revolucionária. A intensa atuação política do PCO está sempre apoiada num consistente trabalho de formação política, esse é um aspecto fundamental para que os militantes e simpatizantes do partido atuem de maneira consequente.

Agir sem um embasamento marxista leva diversos grupos políticos a se perder dentro das próprias ações. Isso explica, em parte, a lambança protagonizada pelo Movimento Passe Livre, que na sua repulsa ao centralismo democrático deixou que enormes manifestações populares fossem manipuladas pela burguesia.

Por outro lado, teorizar apartado da realidade objetiva também leva a graves erros, pois ignora dados concretos nas suas análises. O “fique em casa” abraçado por setores da esquerda desde 2020 é um exemplo de desconexão com a realidade. Na teoria, se toda a população fizesse uma quarentena de alguns meses é possível que observássemos uma contenção da pandemia. Na prática, a imensa maioria da população nunca teve condições materiais de fazer isso.

Democracia, Socialismo e Revolução

A 47ª Universidade Marxista vai partir das revoluções burguesas para entender a concepção marxista sobre a democracia e o liberalismo político. Diante do panorama atual no Brasil pós-golpe de 2016 e do aprofundamento da crise histórica do capitalismo, as pautas reacionárias têm dado o tom do debate, cada vez mais, na imprensa burguesa. Setores da esquerda fazem coro com a campanha de ataque aos direitos democráticos do povo.

Travestidas como progressistas, pautas como censura, aumento de penas e criação de novos crimes recebem um verniz esquerdista de setores que se declaram defensores da “democracia”. Na contramão de concepções abstratas acerca dessa “democracia”, imposta na prática pela classe dominante, nosso mais recente curso vai abordar o problema dos direitos democráticos a partir dos elementos concretos da realidade.

A Revolução Francesa, nesse sentido, é um marco histórico muito importante e pouco compreendido em profundidade. Mesmo sem ter atingido seus objetivos de maneira plena, a reação conservadora da burguesia pós-revolução não conseguiu impedir avanços importantes nos direitos democráticos. Quem defende essas conquistas e luta por aprofundá-las não é a burguesia, é a classe operária, a classe revolucionária da nossa época.

Universidade Marxista

Nossa Universidade Marxista oferece uma estrutura rica em materiais para aprofundamento teórico. Nesta edição, teremos 30 horas de aulas expositivas ao longo do mês de julho. Além disso, um amplo acervo de textos, documentos, imagens e vídeos fica disponível para os participantes.

Nossa enciclopédia marxista é uma das ferramentas disponíveis para quem quiser se aprofundar nos mais diversos temas. E além desses recursos, esse curso de formação conta com grupos de estudo para discussão e esclarecimento de dúvidas. Esses grupos são todos coordenados por militantes experientes do nosso partido revolucionário.

Participe!

É muito fácil participar da Universidade Marxista do PCO, basta acessar o site https://universidademarxista.pco.org.br e entrar na “loja de cursos” disponível na plataforma. Para custear a estrutura do curso é necessário contribuir com uma taxa de R$ 100,00.

Nossos cursos mais recentes ainda estão disponíveis na plataforma e também podem ser realizados. São eles “Fascismo, o que é e como combatê-lo”, “A Revolução Chinesa” e “O que foi o stalinismo”. Oferecemos pacotes promocionais com mais de um curso. Confira!

Saiba mais sobre a Universidade Marxista:

Instagram: instagram.com/universidademarxista/

Facebook: www.facebook/unimarxista/

Twitter: twitter.com/UMarxista

Telefone/Whatsapp: (11) 99741-0436

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.