Luta pelo Fora Bolsonaro
Movimentos dos DF se articulam para constituir fórum de entidades, com o objetivo de unificar e coordenar a luta pelo “Fora Bolsonaro”
Faixa
"Foto - Reprodução" - A luta pelo "Fora Bolsonaro" deve ganhar as ruas de todo o País |

Por iniciativa do Comitê Anti-imperialista Abreu e Lima, haverá o lançamento, no dia 23 de janeiro, em Brasília, na sede do Sindsep, do “Comitê Popular Fora Bolsonaro”, articulação de movimentos do campo e da cidade, populares, estudantil, sindical, de negros, mulheres e outros segmentos de luta do Distrito Federal, que terá por propósito unificar todos os setores que estejam dispostos a levar adiante uma luta tenaz e decidida para colocar para fora o ilegítimo e fraudulento presidente Jair Bolsonaro.

A iniciativa está em sintonia com o sentimento da maioria da população pobre e explorada do País, que vem sofrendo em seu dia a dia os maiores ataques que um governo burguês direitista já desfechou contra os trabalhadores brasileiros, que por diversas ocasiões manifestaram o seu repúdio ao mandatário representante dos banqueiros e capitalistas, que realiza um governo de conteúdo nitidamente fascista, repressor e assassino.

Durante todo o ano de 2019, de forma espontânea e semi-espontânea, ocorreram no Distrito Federal pelo menos uma dezena de atos de protesto e manifestações dos diversos segmentos de luta dos trabalhadores contra Bolsonaro e seu governo, sem no entanto haver uma articulação que unificasse e impulsionasse, do ponto de vista de uma orientação política correta, a sua continuidade e o enfrentamento para a derrubada do ocupante clandestino do Palácio do Planalto.

Não há como não reconhecer que cresce em todo o país um grande sentimento nacional dirigido contra o governo que vem jogando o País, os trabalhadores e as massas populares na mais absoluta condição subumana e de miséria. Para implementar seu projeto de terra arrasada, Bolsonaro faz uso em larga escala da repressão e do ataque sistemático contra a população pobre, submetendo os explorados ao terror policial que age impunemente nas grandes cidades.

É nesta perspectiva de luta e enfrentamento ao governo e ao Estado policial que nasce no Distrito Federal o “Comitê Popular Fora Bolsonaro”, para se juntar e fazer impulsionar os demais movimentos da capital e de outras regiões do País, que certamente irão surgir no calor da luta contra Bolsonaro, a burguesia, a extrema direita e o imperialismo.

O PCO não só participa do Comitê Anti-imperialista Abreu e Lima como apoia a iniciativa no sentido de organizar e impulsionar a luta pelo “Fora Bolsonaro” no Distrito Federal, confirmando presença no ato de lançamento do “Comitê Popular Fora Bolsonaro”, dia 23 de janeiro, em Brasília.

 

Relacionadas