Deterioração da UE: banco Barclays foge da Inglaterra para a Irlanda por causa do Brexit

barclays

Da redação – Dentro de quatro meses será realizado o “Brexit”, a saída do Reino Unido do bloco da União europeia (UE). A vitória da opção pelo Brexit em um referendo há dois anos foi uma expressão da crise dos regimes democráticos burgueses do imperialismo europeu em todo o continente. Diante desse resultado, os bancos e especuladores que agem em Londres, principal praça financeira da Europa, estão se preparando para as consequências da saída do Reino Unido.

Um desses bancos, o Barclays, já está preparando sua fuga de Londres, para caso de não haver nenhuma transição depois da saída. O banco está transferindo 45% de seus ativos para Dublin, capital da Irlanda. Essa é uma situação