Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
o-ministro-da-justica-e-seguranca-publica-sergio-moro-durante-audiencia-na-comissao-de-constituicao-e-justica-do-senado-ccj-em-brasilia-1560949903551_v2_1920x1280
|

A cada reportagem do portal The Intercept Brasil sobre as conversas entre o ministro bolsonarista Sergio Moro e o procurador fascista Deltan Dallagnol, a farsa operada para prender o ex-presidente Lula e cassar seus direitos políticos se torna ainda mais escancarada. As eleições de 2018 foram uma fraude e a Operação Lava Jato é um instrumento do imperialismo para estabelecer um regime político ainda mais arbitrário no Brasil.

Em um dos vazamentos recentes, Sergio Moro aparece chamando os integrantes do Movimento Brasil Livre – MBL – de “tontos” por terem convocado um ato em frente à casa do então ministro do STF Teori Zavascki. Por esse mensagem ter vindo à tona, Moro decidiu se desculpar de seus colegas direitistas, que ajudaram a eleger Jair Bolsonaro. Esse pedido de desculpas, portanto, reforça a veracidade dos vazamentos: se fossem falsos, Moro não se daria ao trabalho de pedir desculpas.

O curioso é que Moro não reconheceu as mensagens vazadas da Lava Jato, o que torna o pedido de desculpas ao MBL ainda mais bizarro. O fato é que todo mundo sabe que as mensagens pertencem, de fato, ao ministro golpista, e nem mesmo os setores mais ignorantes da direita acreditam quando Sergio Moro fala que as mensagens são falsas. Por isso, a necessidade de se desculpar com o movimento que impulsionou a carreira de Sergio Moro como herói dos coxinhas.

A farsa da Lava Jato não se sustenta nem mesmo mais entre os direitistas que a promoveram em seu início. Por isso, é hora de a esquerda e os setores democráticos irem para cima da direita e exigir a dissolução da Lava Jato e de todas as perseguições políticas do regime golpista. É hora de aproveitar a crise intensa do governo Bolsonaro para exigir a liberdade de Lula e a derrubada de todos os golpistas, com a convocação de eleições gerais.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas