Violência policial
A única saída para o povo brasileiro sobreviver a isso é o fim dessas policias criminosas
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
6568146789_432af08d84_o
Em SBC, mais um assassinato a sangue frio e sem explicação da policia | Foto: Reprodução

Na manhã do último sábado (12), um homem foi assassinado a tiros pela Guarda Civil Municipal na cidade de São Bernardo do Campo no ABC Paulista. O crime aconteceu depois que a vítima, que não teve a identidade divulgada, tentou fugir em seu carro de uma blitz policial e bater em uma viatura.

Imagens foram capturadas do momento, em que o homem tenta fugir e diversos policiais atiram em seu veículo repetidas vezes, ele foi baleado no local, e após ser atendido pelo SAMU não resistiu aos ferimentos e morreu.

A prefeitura de São Bernardo deu uma declaração reprovando excessos de sua Guarda Municipal e apontando a possibilidade de a vítima estar embriagada, e o fato de que não obedeceu ao comando de parada dado na blitz podem ter sido a causa de sua morte. Alegou ainda que cinco dos guardas civis e um policial militar envolvidos na ação serão investigados pela acusação de homicídio. Claramente responsabilizando os indivíduos da guarda e se eximindo da culpa desse tipo de ação.

Porém, colocar o problema da violência policial do ponto de vista de “maus policiais” é uma grande enganação. Casos como esse são corriqueiros e uma triste realidade no país em que a polícia estatal mais mata a população. Em meio à crise capitalista, seus braços armados assumem um caráter altamente violento em relação a todo o povo, no intuito de manter a ordem e a opressão principalmente dos mais pobres.

Mas na atualidade, a situação da repressão no Brasil está totalmente fora de controle. Nesse caso a GCM se outorgou o direito de assassinar uma pessoa a sangue frio, como mostrado nas imagens, que tentava fugir. Quase que a totalidade das ações policiais presenciadas ultimamente apresenta essas características, ou de tortura cruel ou assassinato de indivíduos desarmados. Algo totalmente fascista e criminoso, já que nenhuma lei autoriza policiais a matar qualquer pessoa por motivo algum.  A pena de morte, legalmente não existe em nosso país, mas a grande realidade é que a correlação de força favorecendo a burguesia já a tempo que decretou a necessidade desses da matança para manter o controle. E a polícia está cada vez mais selvagem e descontrolada.

A única saída para o povo brasileiro sobreviver a isso é o fim dessas policias criminosas, que só defendem o direito da propriedade dos ricos e dos Estados capitalistas, matando o povo oprimido em larga escala.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas