Burguesia local financiava
Operação da polícia civil do DF localizou outra propriedade que servia de base para a milícia bolsonarista. Empresário que ameçou Ibaneis Rocha é o proprietário.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Chácara - Arniqueiras-DF
Chácara em Arniqueiras-DF, abrigava milícia bolsonarista. | Foto por: PCDF/Divulgação

A polícia civil do Distrito Federal, localizou e realizou apreensões em outra propriedade rural que servia de base para a milícia fascista bolsonarista, denominada “300 do Brasil”. Além da primeira operação em outra propriedade em Planaltina (DF) na semana passada.

A propriedade, uma chácara, localizada na região de Arniqueiras, a cerca de 20 Km da praça dos três poderes, local aonde o grupo montou acampamento, tinha forte aparato de segurança com câmeras, muro alto e portões reforçados. Segundo a polícia a chácara pertence ao empresário André Luis Bastos, identificado como um dos financiadores da milícia e que havia cedido sua propriedade para reuniões e treinamentos paramilitares.

Na operação, realizada neste domingo (21), foram apreendidos fogos de artifício, anotações e planos de ação, cartazes, celulares e um cofre. Os bolsonaristas do grupo são investigados por formação de milícia privada, ameaças e porte de armas. André Luis é investigado por ameaça ao governador do DF, Ibaneis Rocha, em vídeo divulgado por ele mesmo em redes sociais.

Material apreendido. Imagem: PCDF/divulgação.
Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas