Direita quer matar o povo
Burguesia se protege da crise capitalista às custas da exploração dos trabalhadores e do assalto que promove aos aparelhos que como o SUS devem servir ao povo
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
whatsapp-image-2020-05-16-at-20.08.48
Pacientes em corredores de hospital | Foto: Reprodução

Nas últimas semanas o número de infectados e mortos pelo coronavírus tem ganhado força nas cidades do interior do país, o que deve levar a um massacre ainda maior para o classe trabalhadora e população pobre. Isto porque é no interior que a precarização do sistema de saúde sucateado pelos capitalistas fica mais evidente, onde os serviços de saúde pública oferecidos são insuficientes e mesmo sem a pandemia obrigava milhares de pessoas a se deslocarem para as capitais em busca de atendimento médico.

Como resultado da ausência de atendimento médico eficiente para os moradores do interior , seja por falta de profissionais de saúde ou de equipamentos médicos, os infectados pelo coronavírus tem seus quadros de saúde agravados e precisam cada vez mais de acesso a tratamentos mais complexos para barrar os efeitos da doença que tem um alto nível de letalidade. Este tratamento mais complexo tem envolvido principalmente a internação dos pacientes em leitos de UTI presentes em apenas 6% das cidades brasileiras, e que por sua vez são praticamente inexistentes dos hospitais do interior, onde os pacientes precisam recorrer os poucos leitos que existem nas capitais já apinhados de pacientes dado o avanço da doença frente ao total descaso do poder público com o efetivo combate do coronavírus.

As razões pelas quais a doença tem avançado dos centros urbanos para o interior passam  todas pelo que tem sido adotado pela estado burguês para o suposto enfrentamento do coronavírus em relação a população mais pobre e trabalhadora. A política do fica em casa disseminada com histeria pela burguesia não se sustenta mais nem para a própria burguesia que tem promovido a abertura das atividades e fim do isolamento social mesmo com o avanço das mortes pelo coronavírus.

Por outro lado no seu auge as medidas de isolamento da burguesia se mostraram uma verdadeira demagogia na medida em que nunca favoreceram à classe trabalhadora pois mesmo com todos os riscos de contaminação os trabalhadores continuaram sendo obrigados a se espremer em transportes públicos lotados para ir trabalhar, em sua grande maioria sem receber nenhum tipo de proteção dos patrões, muitos com salários reduzidos e perda de direitos trabalhistas.

Não se viram medidas realmente capazes de proteger a população nem de efetivamente combater o vírus, o que se viu foi o dinheiro que deveria estar salvando o povo ir direto para os capitalistas para socorrer os bancos e grandes empresários durante a crise capitalista que se intensifica durante a pandemia. A política neoliberal adotada pela burguesia joga toda a conta de suas crises em cima dos trabalhadores que estão sendo obrigados a trabalhar durante a pandemia para resguardar os patrões mas não recebem sequer um hospital em condições dignas para tratar os infectados. E é isto o que tem levado o Brasil a um dos piores cenários da pandemia mundialmente com mais de 65 mil mortos.

O fenômeno que se verifica no interior guardadas as devidas proporções, é o mesmo que acontece em todo o país com a saúde pública que é destruída e que no interior encontra condições ainda piores, o que leva a consequências mais devastadoras para a população local com o crescimento dos infectados e mortos. Isto como resultado das iniciativas da burguesia para se proteger da crise capitalista às custas da exploração dos trabalhadores e do assalto que promove aos aparelhos que deveriam servir ao povo como é o caso da saúde pública.

Não por acaso a classe trabalhadora e o povo tem se levantado em todo o país contra estes ataques, uma vez que  fica evidente que a única maneira de conseguirem que as suas necessidades sejam minimamente atendidas é travando uma luta contra a burguesia e a direita que em prol de seus próprios interesses estão matando a população aos milhares.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas