Descaso: casa da mulher é fechada em Brasília

casa da mulher

A casa da mulher brasileira foi inaugurada em Brasília -localizada na 601 norte – em 2015, ou seja, tem apenas três anos de funcionamento. E com esse pequeno espaço de tempo em que funcionou, agora a casa de acolhimento a mulher será fechada por conta de problemas estruturais.

A Secretaria Adjunta de Política para as Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, afirmou que o atendimento será suspenso na casa, mas assegura que a suspensão é temporária. Diante da dependência do prosseguimento das reformas, ainda não ficou determinado quando o atendimento será retomado. Por enquanto, o que ficou determinado é que os casos trazidos por mulheres à casa serão tratados na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM).

Com isso, o que fica evidente, mais uma vez, é a demagogia feita diante da situação que estão colocadas as mulheres. Essa é a política feita pelo governo golpista, usa da situação de opressão da mulher para impulsionar uma política “inclusiva”, mas que finalmente não atende ou supre as necessidades reais da mulher.

Vale ressaltar que esta não é a primeira vez que a casa da mulher aponta problemas. Um ano após sua inauguração, já apresentava problemas em relação ao afundamento do piso, e dificuldades das calhas em aguentar o volume de chuva; o que implicou na interdição de algumas salas devido ao teto despencar.

Se hoje a casa da mulher brasileira no Distrito Federal está sendo fechada, é justamente por conta de discursos farsescos que em nada contribuem para a luta real e efetiva das mulheres pela garantia de seus direitos e amparo do Estado.

Até que se conclua a reforma na instituição, muitas mulheres ficarão desamparadas, sabendo que o tratamento proporcionado na casa tendia a ser mais especializado e com maior aparato de atendimento e recursos, enquanto que as delegacias podem não oferecer o melhor atendimento para grande maioria dos casos.